Páginas

3 de jul de 2010

reflexões de uma garota apaixonada por futebol.

Estou vivendo minha quinta copa do mundo (O_O velha...HAUHA) e apaixonada por futebol como sou me achei no direito de falar um pouquinho sobre o que estou achando deste mundial (minha competição favorita, olimpíadas who?). 
Assisto futebol desde pequena e (apesar de não saber - e nem querer aprender - jogar) entendo muito do assunto e gosto de falar sobre, de verdade! Sou daquelas que abre o globoesporte.com pra ler notícias sobre o time do coração (leia Flamengo) e pede pro pai ligar pra ela a cada lance interessante de um jogo importante quando não pode assistir porque está na faculdade...na faculdade estudando MODA. 
Minha modesta opinião elegeu o goleiro espanhol Iker Casillas como o mais gato em campo (é crush de anos, amores)
Bom, a #WorldCup começou bem morninha né? O primeiro jogo que me empolgou de verdade foi Alemanha vs Austrália, cheguei a ficar boquiaberta. Honestamente, eu achava que a Alemanha ia chegar no mundial meio desorientada com a ausência do Ballack (LLLLLLLL), mas me surpreendi com um time incrível, no qual Michael provavelmente não se encaixaria. Jochim Low fez um trabalho incrível mudando completamente a forma de jogar do futebol alemão e montando, a meu ver, a seleção mais empolgante (e melhor, quando se fala em coletividade!) do campeonato. 
O Brasil não empolgou. Não mesmo. Talvez tenha chegado perto do Brasil que queríamos ver durante o primeiro tempo do jogo contra Holanda. Pra que? Pra voltar no segundo tempo apático e tosco, como havia sido a seleção de Dunga todo o tempo e entrar em pânico ao tomar um gol? Não, obrigada. Brasil é seleção de jogar futebol arte. Não futebol tosco. Me odeiem, mas no meu 'deep inside' eu queria que a seleção fosse eliminada para que o Dunga percebesse que ele não estava certo o tempo todo. Prepotência, mediocridade e ignorância não levam ninguém a lugar algum. Veja o técnico francês, que papelão, junto com a Itália arrumou as malas ainda na primeira fase e passou uma vergonha horrorosa que eu não desejo a seleção nenhuma, nem pra Argentina. 
Por falar em Argentina, eu adquiri nessa copa um 'carinho' por alguém digamos, inusitado, o nome? Maradona. Veja bem, sou brasileira, tenho aquele problema que já vem de berço com a Argentina, mas ver aquele astro abraçando cada jogador na vitória, e mesmo hoje depois do 4x0 da Alemanha me fez ver que o hermano é um gentleman, um homem de verdade, que sabe perder e ganhar; diferente do nosso ex-técnico Dunga, um covarde ao sair de campo sem olhar pra trás depois de ser eliminado. E não venham me dizer que  Maradona estava 'fingindo', ninguém finge tão bem por tanto tempo, aquilo era sincero, eu fico feliz que ele tenha chegado tão longe.
Alemanha é meu segundo time desde 2002 quando 'conheci' o então, garoto, Michael Ballack (hahaha), sério! Eu tinha tipo 10 anos e já era apaixonadinha nele, hoje, mesmo 8 anos depois, dei pulinhos quando ele apareceu sentado na tribuna de honra (exibindo um bronzeado hot e tals, mas isso não vem ao caso...), então, por causa dele eu torci pro Chelsea e adotei a Alemanha como minha segunda seleção. Vibrei a cada gol hoje, como se fosse o Brasil; 
Brasil este que não mereceria (e não conseguiria) ganhar o título de uma seleção como a alemã, cá entre nós.  
Beckham nos abrilhantou com sua bela presença durante os jogos da Inglaterra, mas não durou muito tempo. A seleção inglesa não era tão boa como já havia sido e não deu conta do time de Jochim Low, não acredito que o gol não dado de Lampard tenha feito diferença, honestly. Anyway, foi muito bom ver Becks exibindo toda sua formosuuura (da roça! HAUHAUAH) naquele ternos cinzas tipo, baphônicos. 
E a Espanha, hein? Chegou toda quietinha, dando bafão por causa da namoradénha do Casillas (que eu também acho lindo de morrer e é minha maior crush em campo nesse mundial, por causa da ausência do Ballack né!) e está classificada pras semi finais. Quem mais está esperando uma revanche da final da Eurocopa de 2008? \o/ 
Fernando Torres não estar jogando nem 1/3 do que pode favorece a Alemanha que - uma pena - não terá o fofíssimo (sim, fofíssimo, acho ele supergracinha todo estabanado e feliz daquele jeito, HUAHUAHA, vai saber!) Muller no próximo jogo, suspenso por causa do segundo amarelo, mas Jochim tem um suuuuuuuuperbanco a disposição e com certeza teremos um JOGASSO (que eu não vou assistir porque vou estar trabalhando/estagiando, sou gente grande agora guys, haha)!
Eu disse pro meu dad quando ficou decido que uma das quartas de finais seria entre Alemanha e Argentina que o campeão seria o vencedor do duelo. Mantenho o que disse. A coletividade da seleção germânica é perfeita, já não tenho tanta certeza quanto ao time espanhol, anyway, eu apostaria numa vitória 'apertada' da seleção alemã, 2x1 ou 3x2. 
aposto (e quero muito!) no tetracampeonato alemão! 
A Holanda até pode bancar a zebra e ganhar o mundial, mas apesar de ser um time legal e tals (que catimbou horroreeeeeeeees ontem; se o Felipe Melo não tivesse pisado no Robben EU pisaria!), mas não me parece um time campeão mundial. Não sei, tenho esses feelings estranhos sometimes. (??)
Quanto ao Uruguai, nunca se sabe né? O gatíssimo Furlán (é atarracado, mas é gato!) é craque, e vai dar trabalho pros laranjinhas, é esperar pra ver. 
Por hoje é só, vou continuar sendo feliz e torcendo pra Alemanha! Quero um gol do Podolski ainda e mais 4 do Klose (quero ver Ronaldo chorando em casa porque perdeu o recorde! #bichamá), que Thomas ainda faça uns 2 e Ballack sorria muito na tribuna de honra, quero ver Micha feliz na última copa dele, guys, quer presente melhor? Só se ele pudesse estar em campo, tenho certeza que ele pensa assim. 
love, xx

Ps1.: O que será minha vida depois do dia 11? acho que devia ter Copa do Mundo num ano, Eurocopa no outro, Copa do Mundo, Eurocopa...tipo assim, manja? Preciso de bom futebol pra ser feliz gente! Meu Flamengo não tá empolgando mais :/ 
Ps2.: desculpem a demora pra responder comentários, me surpreendi ficando repentinamente ocupada e cheia de horários apertados, mas tudo que tem acontecido é incrível e eu estou assim, ridiculamente feliz e grata com tudo. ^^ 





7 comentários:

  1. Não sou muito ligada em futebol, só vejo mesmo quando é o Brasil jogando ou então meu fluzão. Mas achei muito interessante seu post, não ficou cansativo pra quem não gosta de futebol.. Li ele todinho :)) hahah Beijos, gêmea!

    ResponderExcluir
  2. Ai, e eu então que tô na minha 6ª copa? Tenso.
    Eu acho que torço pra Espanha agora, mas ainda não me decidi. Vamos ver né...

    ResponderExcluir
  3. Estive acompanhando a copa, e continuo acompanhando apesar das muitas eliminações imprevistas (ao menos de minha parte). Connsidero que algumas sejam zebras mesmo, coisas inesperadas. Mas, convenhamos: em sua maioria, os times tem recebidos resultados proporcionais ao desempenho, integração, esforço, controle e vontade em equipe. Conosco, seleção basileira, não pderia ser diferente.

    Confesso: adorei a eliminação da Argentina. Nem tanto pelos hermanos, mas porque não aguento o popstar Maradona, rs.

    ResponderExcluir
  4. adorei o texto, mesmo !
    acho incrivel garotas que amam o futebol, e REALMENTE não dava pro Brasil ganhar.

    ps; se eu não fosse cortinthiana fanática, seria flamenguista.

    ResponderExcluir
  5. eeras cara eu não entendo naada de futebol, queria tanto entender e não ficar tipo ahn quando tem gente conversando e pra impresionar os bofes neah hehe
    To torcendo pela alemanha também o/
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Cara, também sou apaixonada por futebol, de deixar os garotos sem graça por eu entender mais que eles. Já pensei em jogar futebol mas meus pais não apoiam muito a idéia. Enfim... a Copa vai fazer falta.

    :*

    ResponderExcluir
  7. Seguindoooo! O blog ta lindo! Parabéns!

    ResponderExcluir

What do you think?